20.3.15

Aperol Spritz - Um drink que me conquistou

Aperol Spritz

Oi minhas queridas e meus queridos!! Hoje é sexta feira e o tempo está voando como sempre, parece que foi ontem a sexta da semana passada. 

A sugestão de hoje coincidentemente também é um drink, assim como na sexta feira passada, que eu apresentei para vocês a batida de gengibre. A diferença é o drink de hoje tem álcool, se bem que, se vocês quiserem adicionar álcool na batida de gengibre, vão em frente. As receitas que apresento aqui são para vocês e se desejarem acrescentar ou retirar ingredientes, fazer à sua maneira, fiquem a vontade, pois as possibilidades são infinitas. O importante é compartilhar com vocês ideias que acrescentem ingredientes como a felicidade, o bem estar e um monte de coisas boas. E podem estar certos que faço tudo com muito amor!! Então pessoal, experimentem este drink, façam para o fim de semana e brindem à vida que ela é boa demais!! 

Esse drink eu conheci durante o tempo em que vivi na Alemanha, viajando pela Europa, percebi que era muito pedido em restaurantes, bares, bistrôs..etc. Me apaixonei pela cor e fiquei curiosa quanto ao sabor. Pois bem, resolvi experimentar...ahh, pra que, agora não posso mais viver sem ele....hehehe...me conquistou, para sempre. Tenho sempre uma garrafa de Aperol na geladeira, para quando bater aquela vontade de beber esse drink tão delicioso!! 

Vejam como a receita é facinha...facinha...você faz em 3 2 1 minutinhos...rsrs

3 partes de espumante ( a seu gosto, mas é importante que seja de qualidade)
2 partes de Aperol 
1 parte de água mineral com gás ( pode ser tônica também)

Para finalizar: 1 fatia de laranja, com casca, cortada em duas partes

Coloque o gelo no copo, depois o espumante, em seguida o aperol, a água e por último a laranja. Viram como é fácil. Então o que estão esperando, vão lá comprar os ingredientes e divirtam-se.

As quantidades são para um drink individual.

Aperol Spritz

18.3.15

Nachos Caseiros

Nachos Caseiros

Olá minha gente!! Que tal uma receita prática e saborosa, que você poderá preparar bem rapidinho, já no fim de semana que se aproxima.

Encontrei esta receita, já faz algum tempo, em um blog que eu adoro, o Casa, Coisas e Sabores, da queridíssima Adriana Nascimento, uma pessoa que tenho o prazer de conhecer pessoalmente e que além de ser super encantadora, alegre e bonita, é também muito talentosa. Gente, ela faz bolos maravilhosos, já provei e posso garantir que é de comer rezando!! Não deixem de visitar esse blog repleto de delícias!!

Esta receita eu fiz quando ainda estava Alemanha, mas logo depois começou a loucura da mudança e só agora tive tempo de postar. É um petisco que não dá trabalho e fica tão gostoso que é difícil parar de comer e pode ser saboreado de diversas maneiras, com pastinhas, queijos cremosos, sopas ou mesmo puros. Lembro muito bem o sucesso que foi quando fiz essas delicinhas, acabaram num instante!! Experimentem, tenho certeza que vão amar!!

Nachos Caseiros

Nachos Caseiros

Ingredientes

3 unidades de pão árabe
5 colheres de sopa de azeite
1 colher de chá de colorau
1 colher de café de cúrcuma
1/2 colher de café de chilli em pó (como não tinha, usei páprica picante)
1 pitada de orégano

Preparação

Corte os pães ao meio, com a tesoura, depois, cada metade em três triângulos e separe as folhas. Em um recipiente, misture bem o azeite, colorau, cúrcuma, chilli ou páprica picante e o orégano. Disponha os triângulos separados em uma assadeira, pincele todos eles com a mistura de temperos, vire-os e pincele do outro lado. Leve ao forno médio, preaquecido, por cerca de 10 min, até que se formem algumas bolhas e fiquem dourados e crocantes. Atenção para não queimarem, pois os danados assam bem rapidinho. Os meus, por pouco não ficaram totalmente tostadinhos...hehehe

Nota: Ao invés de pincelar, eu coloquei todos os temperos em um daqueles saquinhos herméticos, dei uma boa sacudida para misturar bem, juntei os triângulos de pão e dei outra sacudida. Também funcionou, mas fica a critério de vocês.

A receita original vocês encontram aqui

Nachos Caseiros


16.3.15

St. Patrick’s Day - Uma bela celebração irlandesa

St. Patrick’s Day - Uma bela celebração irlandesa
Oi pessoal, tudo bem com vocês? E vamos que vamos, começando mais uma semana. Hoje vou falar um pouquinho da Irlanda e a celebração do St. Patrick's Day ou dia de São Patrício.

Todos os anos, em 17 de março, os irlandeses, assim como o irlandeses de coração, em todo o mundo, celebram o dia de St. Patrick. Esta celebração que começou como um dia de festa religiosa para o santo padroeiro da Irlanda, tornou-se um festival internacional, que comemora a cultura irlandesa com desfiles, danças, comidas especiais e a predominância da cor verde, na festa e nos trajes.

As fotos acima, da Igreja de St. Patrick, em Dublin, foram tiradas por mim quando estive lá ano passado, com o maridão (ainda vou postar sobre essa viagem deliciosa e surpreendente, aguardem). A igreja é muito linda gente, e num dia ensolarado como esse que fazia quando fui visitá-la, ficar nos jardins ao redor dela, contemplando e recebendo essa boa energia é bom demais!! 

Mesmo não estando na Irlanda, uma data bonita como essa é sempre um bom motivo para celebrar não é mesmo?!! Então, seguindo a tradição da cor verde nas roupas, na decoração e principalmente nas bebidas e alimentos, que predominam durante a data, confiram algumas dicas para entrar no clima para participar da festa e brindar o dia de São Patrício/St. Patrick's Day.

A importadora e varejista Expand tem em seu portfólio de bebidas, o vinho Arboleda Sauvignon Blanc, que possui aromas verdes (mineral e aspargos) e uma cor esverdeada. O Soave Brigaldara, também é uma ótima opção, com a garrafa e o rótulo na cor.
                                             
Soave Brigaldara 
Arboleda Sauvignon Blanc

No mesmo ritmo, para quem reside ou se encontra em São Paulo, o pioneiro em hamburguerias gourmet, General Prime Burger, tem em seu cardápio o milk shake de pistache. O Pistache Shake é feito de sorvete de creme e pasta de pistache importada exclusivamente da Itália, servido com calda de chocolate e farofa de pistache. 


13.3.15

Batida de Gengibre sem Álcool

Batida de Gengibre sem Álcool









Olá pessoal, hoje é sexta feira, bom demais!! Vamos começar a nos preparar para o fim de semana, aproveitar para curtir e descansar ou também para resolver pendências que não pudemos resolver durante a atribulada semana. Enfim, fazendo o que é preciso ou o que gostamos, o importante é saborear a vida, porque ela é muito boa!!

A minha sugestão de hoje para vocês é uma batidinha de gengibre que provei em um pequeno restaurante vegetariano que tem dentro da Cobal do Humaitá, aqui no Rio de Janeiro, que se chama "Rio Vegetariano". O restaurante é simples e muito bom, serve comidinhas muito gostosas a preços bem legais, adoro!! 

No dia que experimentei pela primeira vez essa bebidinha, ela veio acompanhando uma feijoada com tofu e linguiça vegana, que estava deliciosa. Amei a batida assim que dei o primeiro gole, até pedi para repetir e é claro que perguntei como era feita, já pensando em reproduzir a receita em casa....hehe. Me passaram os ingredientes, mas não as quantidades. Fiquei doida para fazer e mesmo não sabendo as quantidades exatas, resolvi tentar.

Bem, minha gente, ficou bem próxima da que é servida no restaurante. Não sei se acertei a quantidade de todos os ingredientes, mas eu fui adaptando a meu gosto e vocês podem fazer o mesmo, ir adicionando ou diminuindo as quantidades até sentirem que ficou do seu gosto. 

Eu já fiz mais de uma vez e estou sempre dando uma acertadinha em um ingrediente aqui ou ali para chegar no sabor que mais me agrada. E culinária é isso não é mesmo, vamos aperfeiçoando as receitas e experimentando, até alcançarmos o resultado desejado, pura alquimia. O que eu trago para vocês aqui hoje é a essência da receita, que vocês poderão adaptar da maneira que desejarem. 

Mas uma coisa eu garanto, é um drink diferente, gostoso, saudável e é sempre um prazer saborear novamente. Vou continuar fazendo muitas e muitas vezes mais, amei!!


Batida de Gengibre sem Álcool

Ingredientes

1 colher de sopa de gengibre ralado
Suco de 1 limão
1 xícara de uvas passas brancas 
3/4 de xícara de água gelada (caso fique muito espessa, acrescente mais um pouco) 

Preparação: Bata todos os ingredientes no liquidificador, até que fiquem bem incorporados. Pronto!! Agora é só servir em pequenos copinhos.


Batida de Gengibre sem Álcool

11.3.15

Salada Torre Caprese - Inspirada em um e-book muito legal


Olá pessoal, há algum tempo conheci, através do Marcelo Jucá, a Editora Pipoca, uma editora cuja proposta de estimular a leitura de forma lúdica e criativa, despertou o meu interesse. E é claro que em se tratando de boas ideias e iniciativas de valor, que venham a nos acrescentar, eu quero mais é compartilhar!! 

Por essa razão resolvi trazer para vocês um dos livros publicados por eles que é muito bacana. Um e-book infantil que se chama Mãos na Massa, do chef Edson Di Fonzo, que pode ser adquirido no site da editora. A intenção do autor é que as crianças preparem as receitas. O livro contém 5 receitas de fácil execução, com fotos ilustrativas das crianças botando a mão na massa, claro que sempre com um adulto por perto, dando suporte nas atividades que envolvam mais riscos como forno, fogão e objetos cortantes. 
e-book mãos na massa

E foi esse o e-book que me inspirou a fazer esta receitinha. Me encanta a ideia de levar as crianças para a cozinha, é uma ótima oportunidade de passar momentos divertidos e agradáveis e deixá-las experimentar a sensação de produzir a comidinha que elas vão saborear depois.

Foi uma pena não ter nenhuma criança comigo para elaborar a receita, mas resolvi fazer assim mesmo e usei a imaginação para vislumbrar o quanto teria sido divertido se uma criança estivesse preparando esta torre e ao mesmo tempo cuidando para ela não desabar....hehehe. 

Na minha receita, ao invés de azeite usei molho pesto, porque eu adoro salada caprese com pesto, mas fica a critério de vocês. Então vamos à receita minha gente.

Ingredientes

2 tomates caqui
2 bolas grandes de muçarela de búfala
Sal  
Molho pesto ou azeite a gosto
Folhinhas de manjericão para decorar

Preparação

Corte o tomates já bem lavados e secos, em rodelas. Corte a muçarela de búfala em fatias, na mesma espessura das rodelas dos tomates. Tempere as fatias de tomate com uma pitadinha de sal cada uma. Em seguida inicie a montagem da torre, no recipiente onde será servida, começando com o tomate e depois a muçarela e assim sucessivamente. Façam a torre da altura que desejarem, eu fiz bem alta porque achei mais divertido. Também finalizei com o tomate, mas se não der ou não gostar, você pode finalizar com a muçarela também. Coloque uma folhinha de manjericão sobre a última camada e pronto!! Uma saladinha muito saborosa e que pode ser preparada com todo o carinho e amor, junto com as crianças, não é bom demais?!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Printfriendly