29.11.14

Bolo de Chocolate com Ricota Cremosa e Pausa no Blog

Bolo de Chocolate com Ricota Cremosa

Oi pessoal, hoje venho me despedir temporariamente de vocês, pois é, minha vida anda muito atribulada e não tenho tido tempo de me dedicar a este cantinho e a todos vocês da forma que eu gostaria, assim como participar mais das novidades e visitar os cantinhos amigos.

Então, minha gente queridíssima, vocês sabem que estou de mudança. Vou voltar a morar no Brasil e desde que esse processo de mudança se iniciou, o volume de coisas a providenciar foi ficando tão grande, tão grande, que está ficando praticamente impossível encontrar tempo para o meu querido blog. Pensem em uma mudança de casa e tudo o que isso implica, agora imaginem de um país para outro. Só consigo pensar em uma palavra para descrever...loucuraaaaaa!!! Mas como eu já havia comentado com vocês, faço tudo com uma enorme felicidade, até porque sonho em voltar, praticamente desde o primeiro dia que fui morar na Alemanha...hehe. Mas valeu, foi uma experiência bem legal. Tudo o que a gente vivencia ao longo de nossa vida, nos enriquece, nos ensina e nos faz crescer interiormente, não é mesmo?!!

Não sei ao certo quando estarei de volta ao blog, mas espero que vocês continuem passando por aqui para pegar umas receitinhas. Caso tenham alguma dúvida, podem comentar ou me enviar emails, que farei tudo para responder e ajudar no que for preciso!!

E é claro que eu não poderia fazer esta pausa sem deixar uma receitinha prática e saborosa para vocês se deliciarem, e tinha que ser um bolo né minha gente, a minha guloseima favorita...rsrs.

Um grande beijo a todos e prometo que tentarei passar por aqui, perto das festas de fim de ano, para dar um alô!! 

Bolo de Chocolate com Ricota Cremosa

Ingredientes

da massa

2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
6 colheres de sopa de chocolate em pó
2 ovos
1/2 xícara de leite
1/2 xícara de óleo
1 xícara de creme de ricota
1 colher de sopa rasa de fermento em pó

da calda

1/2 xícara de leite
1 colher de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de chocolate em pó

 e Farofa de amendoim para polvilhar

Preparação

Do bolo: bata no liquidificador, os ovos, o leite, o óleo e o creme de ricota, até que fique um creme bem homogêneo. Em uma tigela misture a farinha, o açúcar e o chocolate em pó. Junte o creme batido no liquidificador aos ingredientes secos e misture tudo muito bem. Pode ser na mão mesmo, usando um batedor de arame ou uma colher de pau. Por último adicione o fermento, mexendo delicadamente. Despeje a massa em forma untada com manteiga e polvilhada com chocolate em pó e leve ao forno preaquecido a 180ºC, por cerca de 40 minutos ou até que perfurando um palito na massa, o mesmo saia limpo.

Da calda: misture todos os ingredientes da calda e leve ao fogo baixo. Deixe ferver por cerca de 1 minuto. Desligue o fogo e deixe esfriar. Coloque sobre o bolo já frio. Finalize polvilhando com a farofa de amendoim.

Bolo de Chocolate com Ricota Cremosa

19.11.14

Doce de Frutas Secas com Gergelim

Doce de Frutas Secas com Gergelim



Olá minha gente queridíssima!! E a minha correria continua...os preparativos da nossa mudança para o Brasil estão consumindo muito o meu tempo, mas faço tudo feliz da vida!! Neste último ano então, sonhava todos os dias em voltar...hehe

Mas apesar desta minha correria, estou sempre tentando arranjar um tempinho para trazer uma receitinha nova, afinal não posso e não quero abandonar vocês e este cantinho que me fazem tão bem!! Esta receita surgiu em virtude das muitas frutas secas que estavam meio "esquecidinhas" aqui na casa da minha mãe, pedindo para serem consumidas, resolvi arriscar e saiu este doce saboroso, crocante e aromático. Foi um sucesso, todo mundo gostou e já estou pensando em fazer de novo para o Natal, pois além das frutas secas combinarem super bem com essa data tão especial, realmente vale a pena repetir este delicioso doce em qualquer ocasião. Então pessoal, vamos experimentar?!! Espero que gostem da sugestão!!

Doce de Frutas Secas com Gergelim


Ingredientes

250g de frutas secas diversas - usei damascos, ameixas, passas e figos
2 xícaras de água
1 xícara de açúcar
1 pau de canela
1 estrela de anis
3 ou 4 cravos da índia moídos
1/2 xícara de castanha-do-pará/brasil (pode substituir por castanha de caju)
1/3 de xícara de amêndoas em lâminas
1 colher de sopa de gergelim branco
1 colher de sopa de gergelim preto

Preparação

Em uma frigideira torre os dois tipos de gergelim e as amêndoas. Reserve. Leve ao fogo médio uma panela com a água, o açúcar, o pau de canela, a estrela de anis e os cravos e deixe ferver, em fogo médio, por cerca de 5-7 minutos. Acrescente as frutas secas, picadas ou inteiras, como preferir, e deixe ferver por mais 5 minutos, até estarem macias, porém firmes. Retire do fogo, adicione as castanhas, as amêndoas e o gergelim. Deixe esfriar e mantenha em geladeira. Sirva com iogurte, creme de leite ou mesmo com sorvete, que fica bom demais da conta!! 

Doce de Frutas Secas com Gergelim

7.11.14

Dadinhos de Tapioca Assados

Dadinhos de tapioca assados

Ufaaa...enfim sexta feira minha gente querida!! Vocês não imaginam como estou enlouquecida com os preparativos para a mudança, providenciar documentação de visto para o meu marido, procurar apartamento, organizar a lista das coisas que vamos trazer para o Brasil, etc., etc., etc....

E com o fim de semana chegando, nada como uma pausa para um petisco gostoso, acompanhado de uma cervejinha gelada, nesses dias quentes....hummm, amooooo!! Então pensei em um petisco que já estava doida para experimentar desde muito tempo, até porque essa receita já rodou muito pela internet e ficou bem popular!! São os famosos dadinhos de tapioca do Chef Rodrigo Oliveira, do Restaurante Mocotó.  

Também já tinha visto este saboroso petisco nos deliciosos blogs amigos da minhas queridas Rachel, do Na Biroskinha, Carla, do Brisando na Cozinha, Josy, do Cozinhando com Josy, mas acabei me empolgando mesmo quando vi no blog Simples Assim, da minha querida Lylia, pois ela os fez assados, e como eu prefiro evitar frituras sempre que posso, fiquei cheia de desejo de colocar em prática essa receita que já estava na minha lista há mais de um ano. E finalmente fiz o tão desejado dadinho!! Gentemmm, ficou tão bom, mas tão bom, que não vejo a hora de fazer de novo e é claro que farei muitas e muitas vezes mais....rsrsrs. Experimentem fazer já para este fim de semana, tenho certeza que vão adorar!! 

Dadinhos de tapioca assados
Ingredientes

250g de tapioca granulada
250g de queijo de coalho ralado
500ml de leite quente 500ml
8g de sal (pode variar de acordo com o sal do queijo)
1 pitada de pimenta branca  

Preparação

Misture o queijo ralado com a tapioca e junte ao leite bem quente, mexendo sempre, para não formar grumos, até que os ingredientes estejam bem incorporados. Acrescente os temperos e continue mexendo até a mistura começar a firmar (cuidado para não endurecer). Despeje em uma assadeira forrada com plástico filme (deixe sobrar plástico nas bordas, de forma que seja possível cobrir depois). Deixe resfriar em temperatura ambiente e leve à geladeira por pelo menos 3h. Corte em cubos, coloque em uma assadeira forrada com papel manteiga e asse em forno preaquecido a 180ºC, por cerca de 40 minutos, virando-os na metade do tempo. Sirva com geleia de pimenta (receita no blog, é só clicar aqui).


Neste link vocês encontram a receita original dos dadinhos. 

Dadinhos de tapioca assados
















28.10.14

Chipa - Seria o parente paraguaio do pão de queijo?

Chipa







Oi minha gente queridíssima!! Estou sumidinha de novo né pessoal, me perdoem, minhas leitoras, leitores, amigas, amigos, visitantes, enfim, todos vocês, que me dão a honra de passar por aqui, doando um pouquinho do seu tempo para este meu cantinho. 

Pois bem pessoal,  minha vida deu uma reviravolta nas últimas semanas, estou dando adeus a Alemanha, por pelo menos 3 anos. É isso mesmo minha gente, volto para o Brasil em janeiro. Meu marido recebeu uma proposta da empresa onde ele trabalha, para voltar a trabalhar no Rio de Janeiro e aceitou....obaaaaaa!! Chega de frio, chega de ficar longe das pessoas que tanto amo e morro de saudades!! Agora é começar a me organizar para a volta, ainda fico no Rio por algumas semanas e depois volto para a Alemanha para começar a cuidar da mudança!! Acho que esta será a melhor viagem de volta que farei desde que me mudei para lá...hehehe. Ainda vamos comemorar muito esta notícia maravilhosa, na medida do possível, vou preparar algumas postagens especiais, para celebrar este momento tão feliz da minha vida!!

Hoje decidi trazer para vocês uma receita que vi no programa da Rita Lobo, um biscoito paraguaio que se chama chipa, lembra um pouco o nosso pão de queijo, acho mesmo que são parentes próximos....rsrs, a diferença básica é que a chipa não contém glúten.

Eu fiz e adorei, fica bem gostoso, uma ótima pedida para o café da manhã ou para um saboroso lanchinho da tarde, hummmm.....bom demais minha gente!! Acho que eu poderia ter deixado mais um tempinho no forno, para dourar um pouco mais, mas garanto que mesmo assim os danadinhos ficaram deliciosos e voaram em segundos... :) :)

A receita original vocês encontram aqui. Espero que gostem!!!

Chipa

Ingredientes

500g de polvilho doce
3 xícaras de queijo meia-cura ralado fino
1 colher de chá de sal
100 g de manteiga em temperatura ambiente
2 ovos
1 xícara de leite

Preparação

Em um recipiente grande, misture, com as mãos, o polvilho doce, o queijo meia-cura e o sal. Junte a manteiga, os ovos levemente batidos e amasse até formar uma farofa grossa. Adicione metade do leite e amasse novamente. Aos poucos, adicione o restante e trabalhe a massa até que desgrude dos dedos. 
Atenção: Talvez você não precise colocar todo o leite. Caso passe do ponto, e fique muito mole, junte mais um pouco de polvilho. Como alguns queijos são mais salgados que outros, prove e ajuste o sal, caso necessário. Separe um pedaço de massa do tamanho de uma bola de pingue-pongue, faça uma bolinha com as mãos e em seguida enrole sobre uma bancada limpa, até formar um rolinho, com cerca de 1,5cm de espessura. Dobre em formato de ferradura. Repita o processo com toda a massa e transfira para uma assadeira forrada com papel manteiga. Leve para assar em forno preaquecido a 200ºC, por cerca de 15 minutos ou até dourar.

Dicas para congelar: Leve ao freezer por seis horas a assadeira com os biscoitos coberta com plástico filme. Depois, transfira os biscoitos para sacos plásticos. Para assar os biscoitos congelados, leve ao forno preaquecido a 220ºC, por cerca 25 minutos ou até dourar

Chipa

13.10.14

Pepinos Agridoces de um livro de viagem muito saboroso!!

Pepinos Agridoces

Olá minhas queridas e queridos!! Acho que já comentei aqui que eu adoro ler, mas desde que comecei este blog, devo confessar que tenho lido muito mais livros sobre culinária do que de outros temas. E ultimamente tenho preferido ler livros que além de ótimos sabores, tenham também boas histórias pra contar e é exatamente assim, o livro Diário de Cozinheira, da Carla Pernambuco. Uma leitura muito agradável, de viagens interessantes, boas lembranças e receitas que são gostosas e sem grandes complicações, enfim, um livro bem do jeitinho que eu gosto!! Recomendo. É claro que várias receitas deste livro já foram para a minha gigantesca lista, mas quando comecei a ler esta que trago para vocês hoje, fiquei literalmente com a boca cheia d'água e não resisti, fui imediatamente para a cozinha. Pepinos agridoces com especiarias era algo que eu tinha que fazer logo...logo e não me arrependi pessoal, ficaram muuuuiiiito bons, ainda mais para quem aprecia uma gostosa conserva levemente doce, picante, saborosa e aromática. Esta receita também é ótima para presentear, como vocês podem ver na foto abaixo, aproveitei para presentear uma amiga muito querida com um dos vidros. Experimentem fazer, tenho certeza que vão adorar!!

Pepinos Agridoces

Ingredientes 

Etapa 1

6 pepinos japoneses (tamanho grande)
1 pimentão vermelho grande
5 cebolas pequenas
2 colheres de chá de sal
Cubos de gelo

Etapa 2

3 xícaras de  vinagre de maçã ou vinho branco
2 xícaras de açúcar
2 colheres de chá de turmeric (cúrcuma)
1/4 de colher de sopa de cravo moído
2 colheres de sopa de mostarda em grão (pode colocar mais se preferir)



Pepinos Agridoces

Preparação

Etapa 1: lave os pepinos e corte-os em fatias bem finas. Corte o pimentão em tirinhas (lave-os e retire as sementes). Corte as cebolas em fatias bem finas. Misture tudo com o sal. Coloque essa mistura num bowl (tigela), mexa bem e tampe a mistura com pedras de gelo. Depois coloque algo pesado em cima do gelo, deixando na geladeira de um dia para o outro.

Etapa 2: no dia seguinte lave os pepinos várias vezes no escorredor e deixe escorrer. Numa panela, coloque os ingredientes da etapa 2 e deixe levantar fervura. Coloque os pepinos já escorridos e deixe ferver por 2 minutos. Tire do fogo e deixe esfriar na panela. Quando estiver frio, coloque em vidros devidamente esterilizados e conserve em geladeira. Quanto mais tempo na geladeira, mais ficarão curtidos e saborosos.

Pepinos Agridoces

6.10.14

Sopa de Cenoura com Gengibre e Croutons de Canela

Sopa de Cenoura com Gengibre e Croutons de Canela





Olá pessoal, como foram de fim de semana?! Aqui no Rio fez um friozinho, claro que nada comparado ao frio que faz na Alemanha...brrr. Mas para mim já é frio suficiente para saborear uma sopinha gostosa e quentinha. Adoro sopa, seja no inverno ou no verão, é sempre tão reconfortante...humm

Acho que só não tomo sopa quando está fazendo 40º no Rio de Janeiro....hehe. No auge do verão carioca fica difícil de encarar comidinhas super quentes né mesmo minha gente, aí o bom mesmo é aquele chopinho bem gelado para refrescar!! 

Bem, mas enquanto o "verãozão" não chega, ainda dá tempo de saborear a sugestão que trago hoje pra vocês, uma sopa de cenoura com gengibre que eu adoro e faço com muita frequência. O contraste de sabores quando servida com os croutons de canela, a torna ainda mais saborosa. Experimentem, tenho certeza que vocês vão adorar!!

Sopa de Cenoura com Gengibre e Croutons de Canela
Ingredientes

5 cenouras devidamente higienizadas 
1 cebola  
2 dentes de alho
1 1/2 litro de água aproximadamente
2 colheres de sopa de azeite
Sal e pimenta a gosto
Ervas desidratadas a gostoorégano, tomilho, alecrim, noz moscada... páprica, enfim, o que você gostar e tiver disponível em casa.
1 colher de sopa de gengibre fresco ralado

Para finalizar: croutons de canela, receita aqui


Preparação

Em uma panela grande, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho rapidamente. Acrescente as cenouras e cerca de 1 litro e meio de água, junte o sal,  a pimenta e todos os outros temperos que você escolheu, exceto o gengibre. Cozinhe até que as cenouras estejam macias. Retire as cenouras da panela com uma escumadeira, coloque no liquidificador e aos poucos, com uma concha, acrescente a água temperada do cozimento, bata até atingir a cremosidade ideal, nem muito rala, nem muito espessa. Adicione o gengibre ralado, também aos poucos, e prove a cada adição, para ir sentindo o gosto, pois o sabor do gengibre é bem forte e desta forma evita-se que se sobreponha ao sabor dos outros ingredientes. Quando atingir o sabor desejado, leve ao fogo novamente para esquentar, sirva em seguida com os deliciosos croutons de canela e bom apetite!!

Sopa de Cenoura com Gengibre e Croutons de Canela



























29.9.14

Encontro Gourmet Terceira Edição - Minha primeira participação!!

EG-Banner

Olá minha gente querida do coração!! Primeiro gostaria de me desculpar pelo sumiço, mas a minha vida tem estado bem atribulada, ainda bem né, cheia de encontros especiais e passeios interessantes. 

Sempre que venho ao Brasil, aproveito ao máximo a minha estada por aqui e de agora em diante isso vai acontecer com mais frequência...obaaa, mas esse assunto fica para um outro dia, porque hoje, já meio atrasadinha, quero falar da incrível e maravilhosa experiência de ter participado da terceira edição do Encontro Gourmet. Gentemmm, vocês não imaginam como é emocionante!! 

Começando pelo local, muito bem escolhido, o campus da Universidade Estácio de Sá, em São Paulo, localizado na Chácara Flora, espaço totalmente dedicado aos cursos de Gastronomia e Hotelaria e estruturado com o que há de mais moderno. Além do ótimo local, a organização do evento foi de alto nível; estava tudo perfeito e impecável, gracas ao talento das competentes organizadoras, Sandra Reis, Cecilia Padilha e Daniela Abolim, que nos proporcionaram momentos inesquecíveis de aprendizado, celebração e muitas emoções. 

EG 3 - 2014/ Marisa Vlasic - Sabores da Vida

















Nem tenho palavras suficientes para descrever o meu encantamento, ainda mais sendo a minha primeira vez. O evento é demais, por tudo que acontece; as oficinas, as palestras, degustações, demonstrações de receitas, lançamentos de produtos, tudo muito atual, de excelente conteúdo e qualidade, proporcionado pelos patrocinadores e participantes. Não teria como não citá-los aqui e agradecer, não somente pelos presentes, mas também pela experiência, que foi marcante!!
EG 3 - 2014/ Marisa Vlasic - Sabores da Vida
Nesta foto consegui registrar apenas alguns dos incríveis presentes recebidos. Infelizmente não foi possível tirar foto de todos, pois eram muitos e não deu para trazer tudo para o Rio. Mas já dá para vocês terem uma ideia do quanto esse evento é especial!!

EG 3 - 2014/ Marisa Vlasic - Sabores da Vida




Ganhei também esse belo melão pele de sapo da Itaueira.




EG 3 - 2014/ Marisa Vlasic - Sabores da Vida
A terrine de jabuticaba e cream cheese com castanha do pará acompanhada de chips de batata roxa, banana e caqui, da Banqueteria, estava realmente deliciosa, quase impossível parar de comer...rs

EG 3 - 2014/ Marisa Vlasic - Sabores da Vida
A oficina de mini bolos e mini naked cakes, da União, realizada no laboratório de padaria/confeitaria, foi muito legal, instrutiva e divertida, decoramos os mini bolos e os mini naked cakes e a chef Ivy nos passou diversas dicas muito interessantes e úteis!! 

No foto do alto, a direita, sou eu com as queridas Fabiola do Brie com Goiabada e Angela do Ora, Pitangas. Na foto do alto, a esquerda, os dois bolinhos que eu decorei...rsrs

EG 3 - 2014/ Marisa Vlasic - Sabores da Vida



Fiquei tão encantada e emocionada que nem consegui tirar todas as fotos do evento que gostaria de ter tirado. Também não consegui registrar todos os encontros maravilhosos, com pessoas super especiais, algumas que conhecia apenas virtualmente e tive o imenso prazer e enorme emoção de conhecer pessoalmente e outras que tive o grande prazer de conhecer no dia do encontro. 

Mesmo com toda a emoção ainda consegui tirar algumas fotos com as queridas, Lylia do Simples Assim, Regina do Naco Zinha, Rachel do Na Biroskinha, Ana Claudia do Ana Claudia na Cozinha, Teresa do Teretetê na Cozinha e Sadhia do Artes da Sadhia na Cozinha e também Beta Tiossi, Cristina Cardoso, Cecilia Padilha e Patricia Lopes.  

Então é isso minha gente, o encontro foi bom demaaaaaissss e super emocionante!! 

Que chegue logo a 4ª edição desse encontro tão especial, porque já estou morrendo de saudades!! 

8.9.14

Taça de Iogurte com Granola e Romã





Olá pessoal, cá estou, depois dos abusos cometidos no fim de semana (e posso garantir que foram muitos), trazendo para vocês uma receita leve e muuuuiiiito fácil de fazer. 

É difícil resistir as gostosuras da terrinha, quando venho ao Brasil chuto o balde mesmo, não tem jeito...rsrs. Por isso é sempre bom ter à mão uma receitinha mais suave e dar uma trégua na farra gastronômica, não é mesmo minha gente?!!

O resultado desta receita é bom demais, pois além de fácil e gostosa, a maravilhosa cor da romã a deixa muito linda também!! 

Taça de Iogurte com Granola e Romã
Ingredientes

300g de iogurte natural
2 colheres de sopa de cream cheese
2 colheres de sopa de mel 
60g de granola
Sumo e sementes de 1(uma) romã

Preparação

Misture bem o iogurte com o cream cheese e o mel. Em uma taça prepare as camadas; coloque primeiro um pouco de granola, depois o creme de iogurte e por último o sumo e as sementes da romã. Leve à geladeira por uns 30 minutos, somente para dar um pouquinho de consistência e ficar mais geladinho. Caso prefira mais doce, jogue por cima um pouco mais de mel no momento de servir.

Taça de Iogurte com Granola e Romã

3.9.14

Aipim Salteado na Manteiga com Pimenta Dedo de Moça

Aipim Salteado na Manteiga com Pimenta Dedo de Moça
Olá pessoal, tudo bem? Continuo aqui no Rio de Janeiro, aproveitando muito esta cidade maravilhosa, que eu amo de paixão!! Mas sempre que tenho um tempinho, dou uma passadinha por aqui para dar um alô, matar a saudade dos meus queridos leitores e agradecer mais uma vez por sua presença sempre tão amiga e carinhosa neste meu cantinho!! Obrigada a todos que me visitam, me apoiam e me dão força para seguir em frente com este blog!!

A receita que trago hoje para vocês é meio que um aproveitamento. Sabe aquele aipim cozido que sobrou, pois bem, que tal saboreá-lo como acompanhamento ou com uma saladinha ou até mesmo como um delicioso petisco. A ideia é fazer o aipim salteado na manteiga com uma pimentinha. Vale a pena experimentar minha gente, pois é meeeega fácil de fazer e fica muito gostoso!!

Aipim Salteado na Manteiga com Pimenta Dedo de Moça


Ingredientes

500g de aipim cozido, cortado em rodelas
2 colheres de sopa de manteiga
2 pimentas dedo de moça
Sal e pimenta preta moída
Queijo parmesão para polvilhar


Preparação

Retire as sementes da pimenta dedo de moça, pique bem picadinha e reserve. Em uma frigideira aqueça a manteiga, adicione o aipim e cozinhe em fogo médio por cerca de 3 minutos, sacudindo a frigideira de vez em quando, para que o aipim seja bem envolvido pela manteiga. Acrescente a pimenta dedo de moça, tempere com sal e pimenta preta moída na hora e volte a sacudir a frigideira por mais uns 2 minutinhos. Desligue o fogo, jogue por cima o queijo parmesão e sirva em seguida.

Aipim Salteado na Manteiga com Pimenta Dedo de Moça


28.8.14

Bolo de Mirtilo com Cobertura Crocante

Bolo de Mirtilo com Cobertura Crocante

Oi minha gente, a minha paixão por bolos não é novidade pra vocês né...rsrs...eu amo fazer bolos e é claro que saborear um gostoso bolo caseiro, para mim, é sempre um grande prazer!! Já fazia um tempão que eu estava doida para fazer um bolo de mirtilo, mas ainda não tinha encontrado uma receita que me conquistasse. Vejam como são as coisas, assim que cheguei aqui no Rio, minha mãe, sabendo dessa minha paixão por bolos, me falou de um livro, só de bolos, que ela tinha visto na casa da minha tia, em São Paulo. Pois bem, não perdi tempo, fui atrás do tal livro (foto abaixo). O livro é da Editora Melhoramentos e nem preciso dizer que comprei, que amei e que pretendo fazer várias receitas, senão todas...kkkk. O livro tem um formato super interessante e contém mais de 50 receitas de bolos caseiros. Quando vi que no livro tinha a receita do bolo de mirtilo que eu tanto buscava, nem pensei duas vezes, seria esta a primeira receita a fazer. O bolo ficou maravilhoso gente, todos adoraram, ficou tão fofinho, gostoso e crocante que acabou rapidinho!!

bolos caseiros - ed. melhoramentos
Bolo de Mirtilo com Cobertura Crocante


Ingredientes 

para a cobertura

1 xícara de de açúcar mascavo
2/3 xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de canela em pó
1/2 colher de chá de noz moscada ralada
1/2 xícara de manteiga gelada picada

Em uma tigela, misture todos os ingredientes até formar uma farofa. Reserve. 
Bolo de Mirtilo com Cobertura Crocante

Ingredientes

para a massa

3 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de noz moscada ralada
1/4 colher de chá de sal
3/4 xícara de manteiga em temperatura ambiente
1/2 xícara de chá de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha
3 ovos
3/4 de xícara de leite
1 1/2 xícara de mirtilo fresco



Preparando o bolo: em um recipiente peneire juntos a farinha, o fermento, o bicarbonato, a noz moscada e o sal. Na batedeira, bata em velocidade média, a manteiga com o açúcar e a baunilha até ficar claro e cremoso. Adicione os ovos, um a um, batendo bem depois de cada adição. Diminua a velocidade da batedeira e acrescente a mistura de farinha, aos poucos, alternando com o leite. Por último acrescente os mirtilos, mexendo delicadamente. Em uma forma de 25 ou 28cm, untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo, despeje metade da massa, espalhe, por cima, metade da cobertura, coloque o restante da massa e por fim o restante da cobertura. Asse em forno preaquecido a 180ºC por 40-50min ou até que perfurando o centro da massa com um palito, o mesmo saia limpo. Deixe esfriar na forma por 15 minutos, desenforme e sirva.

Bolo de Mirtilo com Cobertura Crocante

26.8.14

Harmonização de Vinhos com Comidas

vinhos - harmonização
Olá pessoal, hoje vamos falar um pouco sobre vinhos e como harmonizá-los com os deliciosos pratos que preparamos. Há uma infinidade de bons vinhos e de comidas deliciosas, mas saber como combinar as duas coisas também faz parte do ritual de uma boa mesa. Esse conceito se chama Enogastronomia e significa escolher detalhadamente um vinho, a partir de suas características, para acompanhar um prato, criando uma harmonia perfeita entre eles.

Aqui no blog você encontra diversas receitas práticas e saborosas para harmonizar com um bom vinho. Para esta postagem foram selecionadas algumas sugestões de boas combinações entre vinhos e pratos. Claro que não são regras. Tudo vai depender do seu gosto, da sua criatividade e do seu bolso, mesmo porque, uma boa refeição nem sempre precisa ser um ritual sofisticado e caro.



tábua de queijos
Tábua de Queijos


Pratos salgados

Combinam com vinhos de acidez alta. O sal neutraliza a acidez do vinho e permite que os sabores se apresentem melhor. Por isso, vinhos que tenham acidez naturalmente alta combinam com pratos salgados. Se servir um queijo salgado, como o Roquefort, escolha vinhos de sobremesa com acidez picante, como os do Vale do Loire. O Xerez Fino vai bem com tapas, amêndoas salgadas ou chorizos salgados, condimentados. 



Pratos defumados

Não vão bem com vinhos envelhecidos em carvalho. Essa combinação pode fazer o sabor ficar sobrecarregado, pois eles têm sabores fortes, parecidos. As comidas com sabores fortes devem ser harmonizadas com um vinho que refresque o paladar. No caso das carnes defumadas, são boas escolhas, os tintos frutados. Com  patê de cavala defumada, por exemplo, um Riesling de Clare Valley, Austrália e com uma salada de frango defumado, um Fleurie resfriado.

carpaccio de salmão defumado


Já com salmão defumado, um Sauvignon Blanc francês.

Uma boa sugestão para saborear o salmão defumado com o vinho sugerido, é esse carpaccio, de fácil preparo e muito gostoso, cuja receita se encontra aqui

Sobremesas

Combinam com seu peso em vinho. O vinho para a sobremesa deve harmonizar com seu peso e sua doçura para que os sabores de um não atrapalhem o do outro. Morangos combinam com vinhos tintos e rosé, especialmente se o vinho também tiver sabor de morango. Um pudim de caramelo pode funcionar servido com o vinho húngaro Tokaji "5 Puttonyos" e um strudel de maçã com um Bonnezeaux.


sashimi de frutas




Vinhos espumantes vão bem com sobremesas de frutas do verão, como por exemplo, este belo sashimi de frutas, receita aqui





brownie de chocolate





Já o brownie de chocolate, harmoniza com Maurey resfriado ou um Rutherglen Muscat e é outra receita super fácil e deliciosa que também pode ser encontrada no blog, clicando aqui




Mais sugestões de vinhos online e receitas para todas as ocasiões vocês encontram no site da Sonoma.



Este é um conteúdo Guest Post.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Printfriendly